MENU

Poem

Augusto dos Anjos - Meditando

Penso em venturas! A alma do homem pensa 
Sempre em venturas! Sorte do homem! O homem 
Há de embalar eternamente a crença 
Sem ter grilhões e sem ter leis que o domem! 


Augusto dos Anjos - Meditando - Poem

Penso em venturas! A alma do homem pensa 
Sempre em venturas! Sorte do homem! O homem 
Há de embalar eternamente a crença 
Sem ter grilhões e sem ter leis que o domem! 

Punjam-no os vermes da Desgraça, assomem 
Descrenças, surjam tédios na Descrença, 
Luta, e morrem os vermes que o consomem, 
Vence, e por fim, nada há que o abata e o vença! 

Por isso, poeta, eu penso na Ventura! 
E o pensamento, na Suprema Altura 
Sinto, no imenso Azul do Firmamento 

Ir rolando pelo ouro das estrelas, 
E esse ouro santo vir rolando pelas 
Trevas profundas do meu pensamento! 



More by SANDERLEY

TRENDS - SONG LYRICS
Radar by Sanderlei
Everything in the musical world / Tudo que rola no mundo musical / ทุกอย่างในโลกดนตรี / Все в музыкальном мире / 音楽界のすべて.

Just Go - Viagem Volta ao Mundo
#JustGo - Sanderlei Silveira